SATURNO - O PLANETA, O MITO E A LUA QUE PODE ABRIGAR O EMBRIÃO DA VIDA

Na mitologia romana, Saturno (Cronos, para os gregos) é o deus do tempo e um dos titãs (deuses que enfrentaram Júpiter, ou Zeus na mitologia grega). Apesar de levar 29 anos para concluir sua órbita, Saturno tem uma rotação de apenas 10 horas e meia e é, por isso, um planeta achatado. A origem do seu peculiar sistema de anéis composto por gelo e água ainda é um mistério. Observada pela primeira vez em 1.610, por Galileu, acredita-se que a estrutura de anéis tenha se originado a partir da desintegração de cometas que chegaram perto do planeta, numa zona conhecido como limite de Roche, onde a gravidade de Saturno é forte o suficiente para desintegrar um corpo que esteja em órbita.

Dentre os seus 62 satélites naturais, o maior é Titã, que tem sido visto como uma Terra primitiva no congelador, com o embrião da vida congelado. Nessa lua, foi constatada e existência de ácido cianídrico, uma molécula simples composta por três átomos que são as bases do DNA.  Devido à temperatura média de  -180 graus celsius, os micro-organismos abrigados na superfície de Titã não envelheceriam.

Na astrologia, o glifo do planeta Saturno se parece com o inverso do glifo do planeta Júpiter porque os dois planetas simbolizariam energias opostas. Saturno, o segundo maior planeta do sistema solar,  estaria associado aos limites e a experiência trazida pelo passar do tempo, enquanto Júpiter, o maior planeta, representaria o impulso de expansão.

Os romanos lhe atribuem a origem de Roma e o sábado é o dia consagrado a ele. Daí, satur[n]day em inglês. Filho de Urano (Céu) e Gaia (Terra), Saturno foi o deus que expulsou o seu pai, dominado pela insanidade, da posição de soberano entre os deuses e assumiu o seu lugar. Recebeu a profecia de que ele próprio seria destronado por um de seus filhos e, por isso, passou a devorá-los quando nasciam. Inconformada, sua esposa armou um plano para salvar Júpiter, o recém-nascido. Ela envolveu uma pedra em alguns panos e a apresentou assim para o marido, tentando convencê-lo de que lhe entregava o filho. Saturno engoliu o objeto e, ao ingerir a pedra, vomitou os filhos anteriormente devorados, os quais ajudaram Júpiter, ao longo de dez anos de luta ferrenha, a derrotar Saturno. Cumprida a profecia, o deus do tempo foi exilado do seu reino e se refugiou no Lácio, região da Itália central onde Roma seria fundada. Lá, instaurou um período de paz e prosperidade conhecido como a Idade do Ouro.